Vantagens


PARA O TRABALHADOR:
Melhoria de suas condições nutricionais e de qualidade de vida;
Aumento de sua capacidade física;
Aumento de resistência à fadiga;
Aumento de resistência a doenças;
Redução de riscos de acidentes de trabalho.
 
PARA AS EMPRESAS:
Aumento de produtividade;
Maior integração entre trabalhador e empresa;
Redução do absenteísmo (atrasos e faltas);
Redução da rotatividade;
Isenção de encargos sociais sobre o valor da alimentação fornecida;
Incentivo fiscal (dedução de até quatro por cento no imposto de renda devido).

PARA O GOVERNO
Redução de despesas e investimentos na área da saúde;
Crescimento da atividade econômica;
Bem-estar social.